Aviao Grumman P-16A Tracker 1o.GAE / FAB - Forca Aerea Brasi

GIIC

Apenas:

4x de R$ 43,75 sem juros

ou À Vista R$ 175,00

ou
Desconto de 6% no Depósito:

R$ 164,50

Descrição:

Kit em resina para montar e pintar, INDICADO A MODELISTAS EXPERIENTES, escala 1/72, nivel 5, cerca de 18cms de comprimento e 30cms de envergadura (com asas abertas,em posicao de voo). Completamente detalhado e fielmente reproduzido. Inclui decais para Forca Aerea Brasileira - FAB - 1oGAE/FAB. Nao inclui tintas ou cola. Nao inclui figuras.

O Grumman Tracker (S2F anterior a 1962) foi a primeira aeronave anti-submarino de estrutura anti-submarina (ASW) de propósito específico a entrar em operação com a Marinha dos Estados Unidos. Projetado e inicialmente construído pela Grumman, o Tracker era de design convencional - movido a hélice com dois motores radiais, uma asa alta que podia ser dobrada para armazenamento em porta-aviões e material rodante com triciclo. O modelo foi exportado para várias marinhas ao redor do mundo. Introduzido em 1952, o Tracker e seu derivado E-1 Tracer foram utilizados na Marinha dos EUA até meados da década de 1970, e seu derivado C-1 Trader até meados da década de 1980, com algumas aeronaves permanecendo em serviço com outras armas do século 21. Argentina e Brasil são os últimos países a usar o Tracker.

Os Modelos da FAB operavam a partir do porta-aviões NAeL Minas Gerais. Tanto o S-2A como o S-2E foram usados (respectivamente como P-16A e P-16E) . No final de seu serviço na Força Aérea Brasileira, um S-2T Turbo Tracker foi usado como uma possível atualização, mas devido aos altos custos foi cancelado. No entanto, em 2010, a Marinha do Brasil contratou a Marsh Aviation para converter quatro S-2T para a configuração Airborne Early Warning, e a atualização de quatro adicionais do Grumman C-1 Trader para operações de tanking e Carrier Onboard Delivery.