Aviao Biplano LFG Roland C.II 03965

REVELL ALEMA

De R$ 169,17

Por apenas:

4x de R$ 39,76 sem juros

ou À Vista R$ 159,02

Descrição:

Kit em plastico para montar e pintarm escala 1/48, nivel 4, 92 pecas, 22cms de envergadura, 16cms de comprimento. Total e completamente detalhado, fuselagem em baixo relevo, Motor radial fielmente reproduzido cockpits para piloto e artilheiro fielmente detalhados e reproduzidos, com instrumentacao, controles, armamentos e assentos. Decais para 2 opcoes, nao inclui tintas ou cola.

O LFG Roland C.II, geralmente conhecido como Walfisch (Baleia), era um avião de reconhecimento alemão avançado da Primeira Guerra Mundial. Foi fabricado pela Luft-Fahrzeug-Gesellschaft G.m.b.H.

O C.II teve um arrasto muito menor do que aeronaves comparáveis ??de seu tempo. Ele apresentava uma fuselagem monocoque construída com uma camada externa de duas camadas de tiras finas de compensado em ângulo um com o outro (conhecido como Wickelrumpf ou design de "corpo envolvido"). Isso apresentava menor resistência e melhor resistência por peso do que o normal da época, mas era relativamente lento e caro de construir. (Essa abordagem foi desenvolvida no Mosquito de Havilland da Segunda Guerra Mundial.) A fuselagem profunda preencheu completamente o espaço vertical entre as seções centrais do painel da asa, eliminando a necessidade de suportes de cabano comumente usados ??em biplanos e deu à aeronave seu apelido "baleia ". Suportes e fios foram reduzidos, sem sofrer a penalidade de peso das asas do modilhão, como as usadas nos pioneiros Junkers J 1 de metal do final de 1915. Houve até alguma tentativa de introduzir as asas na fuselagem, para eliminar o espaço no ar morto, uma característica que faltava aos competidores do Schneider Trophy da década seguinte. O engenheiro responsável pelo projeto foi Tantzen, aluno de Ludwig Prandtl, fundador da aerodinâmica matemática e aquele que introduziu o conceito de camada limite.

O C.II era alimentado por um único Mercedes D III de 160 hp (120 kW), proporcionando uma velocidade máxima de 165 km / h (103 mph), um teto de 4.000 metros (13.000 pés) e uma autonomia de quatro horas.